DEIXE O SEU COMENTÁRIO

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

VISÃO




VISÃO


Da janela do meu quarto

Tenho visão de rara beleza

E eu não fico farto

De observar a natureza



As árvores que balançando

Parecem zombar do vento

E os pássaros cantando

Enchem-me de contentamento


E atrás da montanha

Estava o sol escondido

Esta grandeza tamanha

Não devia ser tão tímido


José Carlos Gueta – O POETA DO ABC

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

APRENDA A VIVER...



Algumas pessoas que hoje vivem sem mim
Passaram na minha vida em tempos remotos
Reencontrei-as e pude reconhecer assim
Elas estão hoje bem diferentes das fotos
No passado uma delas sei que muito amei
Distantes mais de trinta e cinco anos eu sei  
A sua doce imagem na minha mente guardei

A esta menina que eu jurei amar eternamente

Vi o destino cruel tirá-la dos meus planos
Infelizmente paguei caro por esta decisão infeliz
Vejo agora que sem ela eu vivi por muitos anos
E depois de muito tempo a sua amizade eu refiz
Realmente meu coração cometeu muitos enganos

Saindo da sua história e deixá-la viver sem mim
Eu sei que é muito difícil e que sentirei saudades
Mas eu fico pensando que ela vive melhor assim

Às vezes me culpo por ter saído das vidas das pessoas
Seria por outro lado estas minhas atitudes muito boas

Preciso desabafar, mas você entenderá a minha posição?
E como um avestruz dá vontade de enterrar minha cabeça
Sorrir ou chorar para me conformar com esta situação?
Será que para compensar alguma coisa boa eu lhe ofereça
Olho para o céu e me dá uma vontade de virar uma estrela
Até confesso eu já pensei em pedir que você me esqueça
Só que da minha parte eu sofrerei se não puder mais vê-la

Quando sai da sua vida naquele momento de loucura
Um coração apertado bateu forte dentro do meu peito
E tempo depois soube que você saiu a minha procura

Verifiquei então que voltar atrás já não tinha mais jeito
Infelizmente também tive que aprender a sem você viver
Ver a pessoa que tanto amei com outro dividindo a cama
E você me disse que não tem mais amor para me oferecer
Mas sei que o culpado fui eu, sou o causador deste drama

Se você fosse feliz em outros braços certamente eu seria
Eu naquele momento estava pensando na sua felicidade
Mas sabemos que na nossa curta vida nem tudo é alegria

Você conseguiu sobreviver sem mim... Esta é a realidade
O que eu espero de você é que de coração me perdoe
Confesso que estou feliz e me realizo com a sua amizade
E junto com você o importante é que Deus nos abençoe


José Carlos Gueta – O POETA DO ABC

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

REVISTA O MUNDO DO CINEMA, É SUCESSO NESTE 11 ANOS

VEJA MARCOS TOLENTINO PRESIDENTE DA REDE BRASIL É HOMENAGEADO POR VIRGINIA A LULLY
DE BETO CARRERO.
O ROQUE DO SILVIO SANTOS CONVIDA VIRGINIA A LULLY PARA O SBT.
SUCESSO NO EVENTO EM PRÓL A APAE DE SOROCABA, ONDE CONTOU COM O DESFILE DE VIRGINIA A LULLY.
CANTOR DALVAN E VIRGINIA A LULLY, FAZEM SHOW JUNTOS.
E MAIS, NA REVISTA O MUNDO DO CINEMA A MAIOR REVISTA DE ENTRETENIMENTO DO PAÍS.

sábado, 13 de setembro de 2014

domingo, 31 de agosto de 2014

VIRGINIA LULLY & BETO CARRERO



VIRGINIA

V iva esta menina!
I nteligente e educada
R ecebeu a doce sina
G algar a sua estrada
I nflui a nova geração
N o caminho do bem
I nstrui com sua canção
A juventude, amém!

&

BETO CARRERO

B oas e belas lembranças
E ste herói nos deixou
T odas as crianças
O seu Parque alegrou
.
C onhecido mundialmente
A sua história é espetacular
R eceba o nosso presente
R econhecimento popular
E lembrado para sempre
R epousa no sagrado lar
O nde observa a gente

José Carlos Gueta
O POETA DO ABC


sexta-feira, 25 de julho de 2014

VEM AI FILME EM HOMENAGEM A BETO CARRERO E TRAPALHÃO ZACARIAS



A ANTRAC apoiando a cultura através de BENEDITO PANTALHÃO, esteve acompanhando a atriz e apresentadora VIRGINIA a LULLY afilhada de BETO CARRERO, durante gravações na Rede Brasil. Na oportunidade foram recebidos pelo diretor de expansão HENDERSON FARIA, para o programa PETRUCIO MELO SHOW. VIRGINIA a LULLY está como atriz principal do FILME LULLY, ZACARIAS E BETO CARRERO: UM SÓ CORAÇÃO. Neste novo documentário, imortalizando o trapalhão ZACARIAS e sua terra natal Sete Lagoas/MG, mostra a ligação da jovem estrela com o humorista bem como, com o lendário herói brasileiro BETO CARRERO que, confiou sua imagem com sua afilhada. O filme terá sua estréia dia 09 de Setembro (data de aniversário do cowboy), onde a ANTRAC da seu apoio. Será entregue no dia os prêmios qualidade 2014, no conceituado GYGA BYTE Campinas.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

LANÇAMENTO DO LIVRO: ESTRELA CADENTE


LANÇAMENTO DO LIVRO: ESTRELA CADENTE

Em “Estrela Cadente”, o leitor se entrega ao romance do anjo Camael, que ao retornar em missão a Terra, mal poderia imaginar que seria arrebatado por uma paixão ardente pela linda cigana Samara. Além de lutar contra as forças das trevas, ele procura uma resposta para esse amor que o consome e o tornará uma estrela cadente.

A história explora a natureza dos anjos, vidas passadas, a oportunidade de recomeçar uma nova vida e reencontrar um grande amor.

Boa leitura!

http://www.agbook.com.br/book/160402--ESTRELA_CADENTE?fb_action_ids=10151887341941389&fb_action_types=og.likes


segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

CONJUNTO RETRATOS E CONVIDADOS

CONJUNTO RETRATOS

Conjunto Retratos e Convidados
Chorinho e café da manhã gratuito no Centro Cultural do Jabaquara no Domingo

No próximo domingo 19/01 às 11h00 será apresentado no Centro Cultural do Jabaquara mais uma edição do Projeto Choro na Manhã. Nesta edição, o Conjunto Retratos fará uma uma roda de choro com diversos convidados, entre eles os violonistas Lau silva e Venâncio, ambos tocam violão 7 cordas.

Realizado a quase sete anos no bairro do Jabaquara, o projeto musical é voltado a formação de um público apreciador de música instrumental brasileira, sobretudo do choro, o Conjunto Retratos, formado por Alex Mendes (bandolim), Cesar Ricardo (violão de 7 cordas), Fernando Henrique (cavaquinho), Paulo Gilberto (flauta) e Donisete Fernandes (pandeiro). 

O Choro, gênero que surgiu no Rio de Janeiro na segunda metade do século XIX, pode ser considerado como a primeira música urbana tipicamente brasileira. Rapidamente se espalhou por todos os estados e, mais de um século depois de seu surgimento, nunca se viu tantos músicos e grupos de jovens se dedicando ao gênero como atualmente. Vários Clubes de Choro podem ser freqüentados em todo o Brasil e também no exterior, além de encontros e festivais que são realizados anualmente. Além disto, neste ano de 2013, o professor José de Almeida Amaral Júnior lançou o livro “Chorando na Garoa – Memórias Musicais de São Paulo”. O trabalho literário é histórico, pois explora o universo dos grandes nomes da nossa música instrumental e é o único que apresenta uma ampla pesquisa sobre o desenvolvimento do choro no Estado de São Paulo, com dados históricos e entrevistas de grandes chorões.

Antes da apresentação, será oferecido um café da manhã gratuitamente ao público presente.

Domingo | 19 de Janeiro de 2014 | 11h00 | Entrada Gratuita
AUDITÓRIO DO CENTRO CULTURAL JABAQUARA
Rua Arsênio Tavolieri n.º 45 | Jabaquara | São Paulo/SP
(Próximo a Estação Jabaquara do Metrô)
Informações: (11) 5011-2421 ou www.facebook.com/conjuntoretratoschoro
Quantidade de lugares: 250

leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Licença Creative Commons

Estas obras estão licenciadas sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de José Carlos Gueta e site:http://poetadoabc.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.